terça-feira, 3 de maio de 2011

DEPOIS DO MAR E MOTOS ! ! ! !

Pois então, nos encontramos no sábado do posto Shell ao lado do aeroporto em torno de 30 Harleys e por volta das 10horas e 40minutos um grupo saiu em direção a Tramandaí no Mar e Motos, um encontro de motocilcistas que se realiza a vários anos.

O trajeto não foi de meu agrado, pois não gosto da Free Way(RS-290), estrada que faz andar a mais de 120 quilometros por hora em média e não sou aficcionado por andar nesta faixa de velocidade, prefiro meus noventinha na estrada velha(RS 030) curtindo a paisagem, cheiros, vento, asfalto zunindo nos pés, vilas e pequenas cidades, etc, etc, etc........

Mas andar atrás do trem de Harleys junto com o HOG-RS, ouvindo o ronco delas compensou tudo o mais.

Mas enfim, chegamos a Tramandaí em uma hora e fomos direto almoçar na beira de um braço de mar que vira um rio logo a seguir.

Todos estacionaram suas Harleys e sentaram no restaurante de frutos do mar.

Após uns 69 minutos de espera os pedidos de peixes e camarões variados foram servidos, todos "roxos de fome" e já reclamando, preço nas alturas, comida de qualidade média para menos, realmente não vou recomendar o local para vocês, decepção total.

Depois do maldito almoço fomos ao tal encontro, moto para todo o lado indo e vindo, na chegada mais motos e uma barulhera infernal das caixas de som da rua principal, realmente estou velho, não guentei 30 minutos e me mandei para a estrada novamente.

Voltamos para a BR 101 em direção a Capão da Canoa, terra onde mora a sogrinha.

O dia, o dor agora a sogra e seu filho amado.

Cheguei pedi licença e fui dormir para tentar esquecer este dia ou parte dele, pois andar de moto na estrada sempre compensa.

No domingo o filho amado e sua nova companheira, ele já teve umas 15 antes, nos presentearam com um churrasco, diga-se de passagem muito bom eles estão de parabéns.

Aí pelas 15horas partimos de Capão para Porto Alegre e é claro voltamos pela chamada estrada velha (RS 030), tudo bem melhor que na ida, paramos para um café num restaurante de beira de estrada que é tradicional chamado Da Colônia e depois seguimos viagem rumo ao lar doce lar.

Chegamos as 18 horas devido as várias paradas, totalizando 350 quilometros de percurso total entre sábado e domingo.

Quero voltar a Tramandaí e procurar um restaurante descente, aí informo no blog, aguardem.

Procurei também em Capão da Canoa um restaurante para recomendar no blog e não achei, vamos aguardar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário