terça-feira, 3 de janeiro de 2012

FURACÃO, TORNADO, TUFÃO
NADA ARRASTA UMA HARLEY


O tornado que matou 116 pessoas na cidade de Joplin, no Missouri, foi o mais mortífero nos Estados Unidos desde o de Flint, no Michigan, em 1953.
Segundo os serviços de meteorologia, os ventos atingiram 319 quilómetros por hora. Cerca de metade da cidade foi pulverizada.
“Foram os 15 segundos mais aterradores da nossa vida”, diz uma residente.
O cenário é desolador. As autoridades estaduais decretaram o estado de emergência e puseram a guarda nacional a ajudar as vítimas, desesperadas.
“Estamos desesperados e já estão dizendo que uma nova frente se aproxima. Vamos tentar deixar a cidade”, afirma esta cidadã.
As previsões apontam para novas tempestades na região. Esta é uma das mais violentas épocas de tornados das últimas décadas. Já morreram 481 pessoas.
O pior balanço de que há memória remonta a 1925, quando 794 pessoas perderam a vida.
Veja cenas abaixo de um sobrevivente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário